top of page
  • Foto do escritorESG Now

Grandes empresas intensificam conexões com startups para compromissos ESG

Em meio à mudança no padrão de consumo, a agenda ESG – sigla que sintetiza boas práticas ambientais, sociais e de governança – está cada vez mais presente na rotina das grandes corporações, transformando a sustentabilidade em valor agregado no mercado. Mas antes de investir em diversidade, redução de emissões e todo o combo que prega o ESG, as empresas precisam traçar diagnósticos rigorosos sobre suas estruturas – para então atacar o problema. É aí que está o desafio.

Por isso, muitos negócios vêm buscando a ajuda de startups como forma de incorporar essa agenda de boas práticas estruturalmente. A ESG Now, startup da comunidade Caldeira, tem sido uma delas.

A solução da empresa centraliza dados de sustentabilidade das companhias por meio de sistema similar aos sistemas de gestão ERPs, já amplamente difundidos. O software necessita ser alimentado periodicamente pelos responsáveis de áreas estratégicas – como gestores de RH e de Meio Ambiente -, definidos pelo criador do projeto. Ele também pode ser configurado para extrair dados de outros sistemas da empresa de forma automatizada. Como resultado, a plataforma gera indicadores e dashboards da performance ambiental, social, econômica e de governança, de forma gráfica.

A tecnologia permite a criação de diagnósticos que vão basear a tomada de decisão dos gestores, a partir da centralização de informações que estão espalhadas em diferentes setores e filiais das companhias, explica Elias Neto, co-fundador da ESG Now.

“O sistema classifica os projetos em 5 níveis de maturidade, do ‘não conforme’ até o ‘engajado’. O software também gera um plano de ação a partir do resultado para alinhar as práticas da empresa às suas demandas ESG”, completa.

Essa solução tem chamado a atenção de grandes players, como da Lojas Renner, uma das fundadoras do Instituto Caldeira. A varejista já lidera o índice ESG da Dow Jones, na Bolsa de Valores de Nova York, sendo considerada a mais sustentável do mundo em seu segmento. Recentemente, ela lançou um novo Desafio de Inovação para startups, focado em sustentabilidade.

Uma das finalistas do Desafio é a ESG Now, startup que também participou este ano dos programas Ebulição e Conecta, realizados pelo hub de inovação.


14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page